Harmonizado por Juliana Borges

Otro sugere combinações de vinhos com parrilla

Dá para escolher um vinho para cada tipo de corte de carne

Ah, a parrilla! Carne macia, no ponto correto, feita apenas no calor das brasas e sem espetos. O Brasil, país do churrasco, vem se rendendo à forma de assar carnes dos nossos “hermanos”.

Nos últimos anos, o que mais tem se visto é o surgimento de casas de parrilla. Aqui em Brasília, uma das mais tradicionais e concorridas é o Otro Parrilla, restaurante premiado que foi por mais de uma década uma filial do Corrientes 348.

Com ambiente elegante e sem excessos, o restaurante tem logo na entrada um bar e ao fundo do salão fica a parilla de onde saem os tradicionais cortes. A carta de vinhos conta com 400 rótulos das mais variadas uvas e regiões e com preços a partir de R$ 64,00.

Que carne vai bem com vinho é fato. Mas, os sabores de uma boa parrilla podem ser potencializados se combinados com rótulos adequados para cada corte. Em boa parte das vezes, o foco acaba sendo nos vinhos argentinos da uva Malbec e alguns uruguaios, mas também existem bons chilenos, espanhóis, franceses, sul-africanos e brasileiros que vão muito bem com as carnes vermelhas.

Além dos Malbecs, que tal arriscar uma uva, também argentina, mas ainda pouco conhecida por aqui? É a Bonarda e uma das sugestões é o Chakana (R$ 119,00) ou o Colonia las Liebres (R$ 103,00)

Tiago Boita, um dos proprietários do Otro, conhece bem os sabores das carnes além das suas proporções de gordura e garante que dá para fazer uma harmonização adequada para cada tipo de corte, mas lembra: “O que vale é saborear o vinho sem muitas regras, descobrindo qual é a combinação que mais agrada ao seu paladar”.

Os tintos mais encorpados, como os Cabernet Sauvignon combinam bem com carnes vermelhas. O Sibaris Gran Reserva (R$ 159,00) e o Casas del Maipo corte de Cabernet Sauvignon com Carménère (R$ 76,00), são algumas das sugestões para acompanhar o bife de chorizo ou ojo de bife, especialidades da casa. Outra dica é o uruguaio da uva Tannat, Isla de Lobos (R$ 124,00).

Para quem aprecia carnes mais magras, como o filé mignon, a dica são vinhos mais leves, como Pinot Noir e Zinfandel. Já para o vacio, a nossa fraldinha, que tal um Quintay Reserva Carménère (R$ 55,00)?

Outra aposta interessante para não errar na hora de combinar carnes e vinhos, são os chamados cortes, quando a bebida tem mais de um tipo de uva, como é o caso do chileno Imaginador com as uvas Cinsault e Carignan (R$ 229,00).

Agora que você já sabe que dá para tomar um vinho diferente com cada carne do Otro Parrilla, que tal correr pra lá?

Otro Parrilla

Telefone: (61) 3345 1348
Endereço: Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2, lote 40 (ao lado da ponte JK)
Horário de funcionamento: De segunda a quinta, das 12h às 15h30 e das 19h à 0h. Sexta e sábado, das 12h à 0h30. Domingo, das 12h às 18h
O restaurante conta com serviço de manobrista

8

Article Tags:
Article Categories:
eventos
Likes:
8

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *